Núcleo da Escola Nacional de Socioeducação será responsável pela qualicação dos agentes socioeducativos

Campo Grande (MS) – Foi realizada nesta quinta-feira (9), a 1ª Reunião do Núcleo Gestor Estadual de Mato Grosso do Sul da Escola Nacional de Socioeducação, que tem como principal função o desenvolvimento de estratégias para construção e disseminação do conhecimento sobre a socioeducação, e também para dar visibilidade aos avanços teóricos e práticos agentes públicos que atuam na rede de atendimento aos jovens em conflito com a lei no Estado.

Na ocasião foi realizada a posse da diretoria do núcleo, que no biênio de 2017/2019 será exercida pelo Superintendente de Assistência Socioeducativas, Celso de Almeida de Oliveira. “O Núcleo Gestor Estadual dá início a um novo capítulo na história da socioeducação de MS, no que se refere à política de qualificação continuada. Vamos agora trabalhar na elaboração de projetos para serem encaminhados para a Escola Nacional, e assim realizarmos cursos de capacitação para os nossos socioeducadores”, destacou o superintendente da SAS.

O secretário-adjunto de Estado de Justiça e Segurança Pública, delegado Antonio Carlos Videira, disse que capacitar o socioeducador é investir no cidadão do amanhã e prevenir o ingresso desses menores infratores no sistema penitenciário, que hoje é ocupado por aproximadamente 16 mil presos, sendo 40% oriundos do tráfico de drogas. “Aproveitem ao máximo essa oportunidade de aprendizado, para que tenham em suas mentes a sensação de dever cumprido”, enfatizou.

 O decreto criando o Núcleo foi publicado no dia 10 de julho deste ano, e conta com a seguinte estrutura Presidência, Plenário e Secretaria-Executiva. A presidência será exercida, alternadamente, a cada dois anos, pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública/Superintendência de Assistência Socioeducativas (SEJUSP/SAS) e pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (SEDHAST).