Encerram nesta sexta as inscrições para contratação de temporários que deverão atuar no Instituto de Identificação

Campo Grande (MS) – O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio das secretarias de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Secretaria de Administração (SAD), prorrogou até está sexta-feira (15) as inscrições para contratação de servidores temporários que deverão atuar no Instituto de Identificação Gonçalo Pereira.  O prazo estipulado anteriormente era até segunda-feira (11).

Para se inscrever o candidato pode acessar o endereço eletrônico (www.sejusp.ms.gov.br), preencher todos os itens do formulário de inscrição, imprimir assinar e anexar à cópia dos documentos. Conforme o edital o formulário de inscrição preenchido e assinado e os documentos devem ser colocados em envelope, sem timbre, lacrado e entregues no setor de Recursos Humanos da sede da Sejusp, localizada na Avenida do Poeta, s/n, Bloco VI, Parque dos Poderes, CEP 79.031-902, Campo Grande (MS), nos dias úteis das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Outra opção é postar o documento pelos Correios, preferencialmente por Sedex com A.R., para o endereço constante no item 3.3 do edital publicado no dia 1º de setembro, desde que postados dentro do período das inscrições. O candidato deverá conferir a documentação, pois, após o envio do envelope, não é permitida a substituição, complementação ou inclusão de documentos.

Com objetivo de ampliar o atendimento dos Postos de Identificação de todo Estado, estão sendo disponibilizadas 40 vagas para 13 municípios: Campo Grande (24), Dourados (3), Aquidauana (1), Corumbá (1), Naviraí (1), Nova Andradina (1), Ponta Porã (2), Paranaíba (1), Três Lagoas (2), Jardim (1), Coxim (1), Fátima do Sul (1) e Costa Rica (1).

Os temporários contratados irão trabalhar por um período máximo de doze meses no Instituto de Identificação Gonçalo Pereira, e em seus postos de atendimento. Eles terão que administrar e executar as demandas técnico-administrativas, como lançar dados e informações em terminais de computador, preencher e conferir formulários, atender e encaminhar ligações, controlar a movimentação de pessoas na dependência da repartição pública, operar equipamentos de informática e sistemas governamentais.

Reportagem Regiane Ribeiro Assessoria de Comunicação Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública